1 de out de 2015

As dificuldades de um leitor.-Parte I

Fala meu povo!!!!!
Como anda a vida corrida de vocês nesse 1° de Outubro?!
Caraca ,é meio difícil de acreditar que daqui a 3 meses o ano acaba o.O e cá estava eu viajando olhando para a lua (falando nisso, quem viu o eclipse de domingo levanta a mão \O/ ,sério foi absolutamente incrível! ) e pensei em fazer neste resto de semana e nas duas próximas,seis pequenos posts falando sobre as batalhas de um leitor no dia a dia ...Que não são poucas viu!
Então bora pegar uma pipoquinha e um bolinho ,pois vou contar algumas situações que euzinha vivi como leitora e que nossa...Me surpreendo até hoje em como consegui fazer tal proeza!

Dificuldade 1 : Ler no ônibus.

Quem nunca tentou ler no ônibus ,metrô e afins que atire a primeira pedra.
Muita gente não consegue ler em movimento por problemas de visão e afins -eu mesma acho que desenvolvi minha cegueira aguda por conta disso...Bem que minha mãe avisou :( - Mas TODOS uma vez na vida já tiveram que fazer isso e para quem realmente não consegue desgrudar do livro quando chega aquela hora de revelar os segredos do personagem principal - Vulgo eu -vai saber bem do que vou falar,e vou contar de um caso que vive acontecendo comigo!
Eu adoro andar de transporte público ,isso é um fato.Gosto de viajar na maionese escutando música ou lendo enquanto vago de um lugar para o outro,mas o problema é que o ônibus principalmente, fica muito depressivo sem nada pra lhe entreter durante o dia ,e quando eu chego ,ele me lança aquele sorrisinho maligno que eu sempre caiu e diz"Venha!Vamos rir juntos!Venha ler!" ,mas na verdade é um truque maléfico para se divertir as custas do meu gorila diário.
Tudo começa já catraca.Eu com minha mochila maior que eu ,minha pasta de desenho ,o livro na mão e tentando passar o cartão não dá nada certo.Minha mochila enrosca na perna do cobrador ,a pasta trava a catraca e quase choro quando vejo que meu livro quase que cai no chão pra ser pisoteado.
Quando tudo se espatifa no chão e nos outros passageiros já estou roxa de vergonha.Isso já não bastando ,invento ler enquanto tento me equilibrar no ônibus e fazer ninguém cair tropeçando nas minhas coisas.O problema disso ,logicamente é :1)Todo mundo tropeça em mim;2)Meu equilíbrio é um lixo e eu vivo caindo nas pessoas sentadas ,de pé e se reclamar muito também caio na galera que está no ponto esperando o próximo ônibus.3)Meu livro já saiu voando pela janela por conta disso .E eu aprendo? Nunca.
E você pensa que quando estou sentada as coisas melhoram? Só piora.Sabe aquela pobre senhora de pé e eu tenho que dar o lugar ,se não vou eu mesma me tacar no inferno por ser tão egoísta? Pois é ,garantir meu lugar no céu nunca custou tão caro quando uma senhora se ofereceu para segurar minhas coisas e ela acabou não sei como levando meu livro embora.
Um minuto de silêncio por meu livro perdido .
................................
Mas o porque das pessoas fazerem as coisas serem tão difíceis?É porque ninguém gosta de ver alguém lendo.Parece que você está cometendo um suicídio ali no ônibus e falando que Jesus não existe.Parece que se você quer ter um pouco de cultura nesse país tem que esconder de todos pois o que mais acontece é gente me olhando feio.Tá ,talvez ler em um ônibus cheio não seja a melhor ideia do mundo,mas é o que tem pra hoje,e o que mais existe nesse mundo é gente trombando em você de propósito para você parar,jogando mochila na sua cara e batendo na sua mão pro livro fechar e você não saber a página em que parou,além de águas que molham todo o livro que parece que saíram do além e espirros.

Quando em fim você sobrevive a tudo isso no transporte(se você e seu livro sobreviverem),ai chega a próxima etapa....
Que chega na semana que vem!
Espero que tenham gostado um pouco da mudança de assunto um pouco e acompanha essa batalha de nós ,leitores.
Até a semana que vem!
Beijos Bella G.

Nenhum comentário:

Postar um comentário