8 de abr de 2016

Recomendações de RPGMaker da Ame-chan

Olá, amores, amoras, amorecos, da minha vida e morte (mais provavelmente da morte, mas isso não vem ao caso), por incrível que pareça consegui comparecer por duas sextas seguidas. Isso é um milagre tão grande que mal consigo acreditar (-q). Mas sei que ninguém quer enrolações por aqui, então lhes darei rapidamente a recomendação de hoje, que fará parte de uma trilogia de posts.

Lieat


Ah, mas vocês nunca ouviram falar de Lieat? É uma verdadeira fofura, tanto em gráficos quanto em história. E os personagens são uns amores (a grande maioria, pelo menos). Para começar, LiEat vem de uma brincadeira juntando as palavras “Lie” (mentira) e “Eat” (comer). A tradução literal seria “comedor de mentiras”, e é exatamente o que um dos nossos protagonistas faz. Foi feito por Miwashiba, no editor WOLF RPG. É um jogo onde tem um pouco de exploração e batalhas, mas nada absurdamente difícil (com exceção do terceiro jogo, que tem puzzles um pouco mais chatinhos, mas isso não é assunto para hoje.)
Tratarei somente do primeiro jogo da série por enquanto, denominado “O dragão que come mentiras e o Vampiro Vermelho”. Ele se passa quando os dois personagens principais chegam a uma cidade, Vermilion (que mais parece uma vila, mas enfim), onde existe a lenda de vampiros. Dizia-se que tais criaturas viviam em harmonia com as pessoas comuns, mas algo mudou essa situação, e atualmente todos ficam em casa na parte da noite, com receio de serem atacados.
Os protagonistas da vez são Leo e Efina: o primeiro, um vigarista e a segunda o dito dragão comedor de mentiras. O jogo segue em frente com ambos expondo e “esmurrando” as mentiras contadas pela cidade, na tentativa de encontrar respostas para o caso do pretenso vampiro.



Personagens:

  • Leo →Um vigarista, caracterizado por contar mentiras tão facilmente quanto respirar. Muda sua aparência e nome a cada cidade que passa. Seu nome real é Teobaldo Leonhearts, mas isso é o máximo que pode-se saber sobre seu passado (pelo menos no primeiro jogo). É focado em seu trabalho, mas se irrita com facilidade, principalmente com Efi.
  • Efina → Uma menina dragão que se alimenta de mentiras. Ela é bastante enérgica e curiosa, mas não muito inteligente, por ter uma mentalidade de criança. Chama Leo por “papai” normalmente, mas a cada cidade que visitam se força a lembrar do novo nome que este adotou. Sua principal habilidade é manifestar e comer as mentiras alheias. Curiosamente, mesmo que seu parceiro minta o tempo todo, ela nunca consegue manifestar as mentiras dele. É dito que nasceu de algum desejo oculto de Leo.
  • Capitão Neil →Um dragão imortal, é o capitão da força policial. Diz-se que viveu por mais de cem anos, até mesmo perdendo sua “mãe”. É gentil, comprometido e bastante carismático. É um personagem que aparece nos outros dois jogos da série.
  • Vice-Capitão Brett → Um dragão jovem com capacidade de se mover pelas sombras. Detesta pessoas, embora seja o vice-capitão da força policial e braço direito de Neil. Também aparece nos outros jogos.
  • Keith Rigfire →Um menino da cidade Vermilion. Vive com a irmã, Rachel, e demonstra ter certa saudade do mundo exterior.
  • Rachel Rigfire → A irmã de Keith, uma menina reclusa que adora falar.
  • Carol Deledda → Uma informante de chapéu, amante de coisas bonitas e que odeia erros grosseiros.
  • Rosalie RosemarieUma informante com asas Embora seja a filha de um aristocrata bem conhecida, ela não quer levar seu nome, então fugiu de casa com Levin.
  • Levin BloomUm mordomo que acompanha Rosalie. Ele relata periodicamente aos pais dela, em segredo, como está passando.

Os finais são relativamente simples de se pegar, pelo jogo ser bem curto não vão perder muito tempo com isso, também. São no total três, embora eu não conte muito o “primeiro final ruim”, mas se vocês estiverem curiosos, colocarei aqui também.
  • Final Ruim 1: Vá para o beco assim que terminar de falar com Carol, na primeira noite.
  • Final Ruim 2: Perca a batalha final
  • Final Normal: Ganhe a batalha final


Oh… isso foi bastante simples, não?

O jogo foi traduzido para o português por Allen da Zero Corpse (ah… novidade!) e por lá vocês podem achar um detonado também (tia Ame sofre de preguiça extrema, pessoal, então me perdoem por eu não fazer os detonados. Até porque vocês acham muitos por ai, então é meio desnecessário.


Ps.: Se algum de vocês quiser fazer um gameplay de LiEat, não utilizem as imagens dos finals como thumbnails (Ícone de vídeos) e não façam videos apenas dos finais, é um pedido da própria autora (Miwashiiba).

Vejo vocês na próxima semana para falarmos do segundo jogo da trilogia. Até lá :3

Nenhum comentário:

Postar um comentário