23 de ago de 2015

A Garota do Cabelo Azul: Paradise Lost parte 7

Ágata era orfã e quando pequena passou de orfanato em orfanato até que ficou quase que permanentemente em um, podemos dizer que foi tempo suficiente para que ela pudesse o chamar de lar. Lá ela tinha amigas e as freiras cuidavam das crianças e Ágata podia se sentir segura, diferente dos outros orfanatos onde esteve, onde todos os dias ela tinha de encarar a realidade de que seus pais a tinham abandonado, muitas vezes ela se perguntou o por que de terem feito isso, porém no orfanato Navy Blue ela podia se sentir amada.

O lugar era uma grande casa, haviam vários quartos onde as freiras e crianças se acomodavam e um refeitório  com uma enorme mesa e na casa também tinha um lindo jardim no qual as freiras ensinaram as garotas a cuidar das flores e era um dos lugares onde Ágata passava mais tempo. A casa em si era simples e bonita, o detalhe que mais chamava a atenção das pessoas eram as janelas, nas janelas haviam grandes vitrais onde podia se ver crianças brincando alegremente ao redor de um cristal brilhante e azul e desenhos que retratavam um planeta surreal que se sobressaia dos outros que estavam ao seu redor e Ágata sonhava em ir até lá um dia.
Um dia a paz que habitava no coração da jovem garota lhe foi tirada pelos saqueadores que invadirão o orfanato dizendo aos gritos que queriam o mapa que levava até o cristal do infinito. Ela conseguiu escapar. porém as freiras e crianças que lá ficaram foram massacradas e ali diante da devastação, se sentiu impotente e jurou ir em busca de poder para efetuar sua vingança.

~DarkSoul 

Nenhum comentário:

Postar um comentário