10 de jan de 2016

A Garota Dinamarquesa

Essa semana tive a oportunidade de assistir um filme que ainda vai ser lançado em 25 de fevereiro nos cinemas brasileiros. O filme The Danish Girl (A Garota Dinamarquesa) é cinebiografia de Lili Elber, uma das primeiras pessoas a se submeter a cirurgia de redesignação sexual, mais conhecida como a mudança de sexo.
A história se passa em Copenhagen, década de 20. Um casal de pintores, Einar (Eddie Redmayne), um pintor de sucesso e sua esposa Gerda (Alicia Vikander), que tenta reconhecimento no mundo da arte. Ao pedir ao marido que se vista de mulher para que termine um quadro, ela desperta um desejo secreto no marido, o desejo de ser uma mulher.
Cheio de cenas fortes de nudez e violência transfóbica, o filme tem o objetivo de colocar o espectador no lugar da Lili, e faz isso muito bem. Se você tem amigos próximos ou familiares transsexuais, será um filme forte o suficiente para te arrancar lágrimas ainda nas primeiras cenas.
O filme foi criticado por ter um ator cisgênero* atuando como Lili e omitir diversas partes da história real da personagem por ter sido inspirado num livro e não na verdadeira história em si, porém continua sendo interessante para quem gosta do tema.
Os indicados ao Oscar de 2016 serão anunciados dia 14/01 e muito provavelmente esse filme receberá alguma indicação, contando com um elenco incrível, figurino e ambientação incrivelmente realistas. Bem, eu pessoalmente gostei tanto do filme que esse texto está colorido nas cores da bandeira trans. Nota: 8,5/10

Glossário:
Cisgênero: pessoa que se identifica com o gênero que lhe foi determinado no momento de seu nascimento, ou seja, pessoa não-transgênero

Nenhum comentário:

Postar um comentário